Playstation Mini – Os 15 mais desejados!

A bomba foi lançada, e a Sony mostra que não anda a dormir. Depois da Nintendo popularizar as suas versões minis das consolas de 8 e 16bits, a Sony anunciou hoje que irá lançar a sua versão Playstation Mini através do seu website.

Ainda que fossem grandes as vozes a pedir que tal acontecesse, esta nunca havia dado grandes indicações do feito. A verdade é que chega um ano depois da Super Nintendo mini, mantendo a aparente tradição de, anualmente, ser lançada uma geração seguinte do universo das consolas.

Já é sabido que, além da entrada HDMI, a PlayStation Mini virá com 20 jogos, sendo cinco deles Wild Arms, Tekken 3, Jumping Flash, Final Fantasy VII e Ridge Racer Type 4. Portanto, a grande questão que se coloca é: quais serão os restantes 15 jogos. Tendo em conta que não haverá um comando Dual Shock e todos os títulos deverão de ser sob a publicação da Sony, aqui ficam 15 possíveis (e sobretudo desejadas) opções para completar o set da Playstation Mini:

Rapid Reload (1995)

É pouco conhecido nos dias de hoje, mas sem dúvida uma hidden gem, nunca tendo sido lançado na região NTSC Americana. Este shooter ao estilo de Metal Slug, seria uma escolha surpresa, e fantástica, pela diversão que proporciona, além de ser um título que anda a atingir valores insuportáveis (sobretudo na região PAL). Se há título que facilmente justificaria os falados 100€, seria este.

Parappa The Rapper (1996)

Um ícone da Playstation, ainda que tenha dúvidas de que a Sony não o queira incluir no catálogo da sua Mini. Irreverente na sua altura, Parappa The Rapper trouxe-nos um estilo único, musical que, mais tarde, haveria de ser popularizado em títulos como Bust-A-Groove, Space Channel 5 ou Dancing Stage.

Vib-Ribbon (2000)

Mais um nome bastante familiar, sobretudo para quem jogava as demos da Revista Oficial Playstation. A Sony era conhecida por lançar este tipo de jogos diferentes, mais fora do mainstream, que tanto enriqueceram a sua biblioteca. Vib Ribbon é, à semelhança de Parappa, uma aventura de puzzles musicais onde controlamos o coelho bidimensional e onde a sua simplicidade é a origem da diversão. Avisa-se, todavia, é extremamente viciante, cuidado!

Medievil (1998)

Sir Daniel Fortesque já tem prometido um remake para si. Assim também o tem Final Fantasy VII, e não é por isso que não está na lista. Quando saiu, em 1998, Medievil fez as delícias de muitos pequenos e graúdos. Um action/platformer com muito carisma e sentido de humor, ainda que tenha levado um modesto 6/10 da Revista Oficial Playstation. Tenho poucas dúvidas da inclusão deste.

Alundra (1997)

Dois RPG’s estão dados como certos. A existir um terceiro, não calhava nada mal se fosse este Alundra, que foi o Zelda’like da Sony. Mais um dos títulos que mais facilmente justificariam os 100€ previstos, devido muito à sua procura e qualidade. Uma daquelas pérolas que não voltou a ser aproveitada e que deveria estar ao acesso de todos.

Gran Turismo II (2000)

My Favorite Game é a faixa dos Cardigans usada no marketing oficial do jogo, e diz muito sobre o que se falava de Gran Turismo. É de longe o melhor do seu género na 32bits da Sony, não vendo como não o incluírem nesta colectânea da “Mini”.

Spyro The Dragon (1998)

Outro nome a ter um remake à vista, mas outra razão para não ser incluído neste set. Ainda que as sequelas sejam tecnicamente superiores, foi o primeiro que tornou a série tão popular entre os mais jovens. Um dos melhores jogos de plataformas da PS1, muito ao estilo de Super Mario 64, com muita qualidade e energia nostálgica para todos os jogadores. Como não estar entre os 20?

Twisted Metal II (1996)

Confesso não ser grande fã de Twisted Metal, mas reconheço ser um jogo extremamente popular, sobretudo pelo público americano. Esta segunda incursão é a mais aclamada das cinco, lançados na PS1 e, por isso, o mais provável a ser lançado, se escolhido. Se gostarem de Destruction Derby, esta poderá ser uma escolha interessante para vocês.

Kurushi Final aka Mental Blocks (1999)

Outra escolha arrojada, é certo, mas uma sem a qual não consigo fazer uma lista Playstation. Também conhecido como Mental Blocks, nos Estados Unidos, Kurushi Final é um daqueles jogos extremamente viciantes, onde levamos à exaustão as nossas capacidades de raciocínio. Por favor Sony, não feches os olhos a isto e leva-me o dinheiro!

Metal Gear Solid (1998)

Curiosamente, tenho dúvidas sobre esta inclusão, apenas devido aos direitos da Konami sob este jogo. Mas a não existir qualquer tipo de obstáculos burocráticos, este é um título obrigatório a ser incluído. Dos títulos mais brilhantes e revolucionários da história dos videojogos, sendo considerado, por muitos, o melhor (não, um dos melhores) da Playstation.

Tombi! Aka Tomba! (1998)

Se a Sony quer mostrar ao mundo que tem os olhos bem abertos, este é um título obrigatório nos 20 seleccionados! Não só é um excelente jogo, e icónico para muitos de nós (sobretudo em Portugal por ter sido traduzido), como é um que por si só justificaria o investimento da Playstation Mini, tendo em conta que cada exemplar original, atinge valores superiores aos 150€ no Ebay. Não nos desapontem!

Crash Bandicoot 3: Warped (1998)

Outra escolha que me deixa algumas dúvidas. Se o primeiro é icónico, o segundo o maior salto qualitativo, o terceiro é o mais completo. Ainda que tenha sido lançado o remake dos três jogos recentemente, acho indiscutível que pelo menos uma das incursões da série Crash não esteja presente na selecção da Sony. Talvez nos surpreendam, e insiram o Crash Team Racing.

Syphon Filter (1999)

Ora aqui está uma excelente oportunidade para trazer Gabe Logan às luzes da ribalta. A série Syphon Filter foi bastante popular nos últimos anos de vida útil da Playstation, porém, infelizmente, perdeu-se um pouco com o passar do tempo. No entanto, é um jogo mais que justificado para ter um relançamento na Playstation Mini.

Klonoa: Door to Phantomile (1998)

Uma escolha pouco provável, mas uma que seria um system seller! É um platformer 2D fantástico e à semelhança do Tombi! com preços impraticáveis (e que por isso mesmo), iria deixar muita gente com vontade de comprar a consola se este estivesse entre os seleccionados!

Kula World (1998)

Mais uma escolha que iria deixar muitas carteiras felizes! Kula World é outro conhecido para quem jogava as demos da Revista Playstation, além de um dos puzzlers mais geniais da Playstation. Outro daqueles que a Sony não deveria fechar os olhos, se quer fazer desta Playstation Mini uma concorrente de peso e respeito entre os consumidores. Garantidamente, ninguém ficaria chateado com esta escolha.

Estes são os 15 títulos que deveriam estar entre os eleitos a vingarem na Playstation Mini, ainda que tenha consciência que muitos irão faltar. A Sony não vai deixar de incluir os populares títulos de desporto, que tanto ajudaram a vender a consola, todavia, espero que muitos destes possam ser seleccionados.

Obviamente, que muitos outros ficaram a faltar, portanto quais seriam os vossos 15 prováveis?

Autor: Nuno Silva Pesquise todos os artigos por

Deixe aqui o seu comentário