Casio PV-1000

“A Casio lançou uma consola?!”, devem estar alguns leitores a pensar. Apesar de amplamente conhecida, a marca nipónica é muito familiar a todos nós pelos seus relógios de pulso, calculadoras ou até teclados de música. Mas… consolas? Nem por isso.

No entanto, é mesmo verdade; a Casio, a gozar de enorme sucesso comercial, precisamente por causa de um vasto leque de produtos reconhecidos mundialmente, lançou, em 1983, a PV-1000, uma consola da terceira geração, na tentativa de se expandir para outro ramo de equipamentos electrónicos.

Infelizmente, a PV-1000 não obteve o sucesso pretendido, devido, principalmente, à concorrência da altura não lhe ter dado muito espaço, com a primeira consola da SEGA, a SG-1000, e a Famicom a absorverem a grande parte das fatias de mercado.

Apesar de ter algumas boas qualidades a jogar a seu favor, como o processador Z80 (que era igualmente usado pela consola da SG-1000) e alguns ports arcade de sucesso (Super Cobra, Dig Dug, Space Panic ou Galaxian, para nomear alguns), a Casio decidiu retirar a PV-1000 de circulação apenas algumas semanas após a ter lançado. Mais tarde, a PV-1000 foi “transformada” num computador denominado PV-2000 (que aceitava os joysticks da PV-1000), tendo ainda chegado a criar dois modelos do MSX, denominados PV-7 e PV-16.

Ainda assim, esta não seria a única incursão da Casio no mundo dos videojogos, mas isso será tema para outro Gambuzino.

Autor: Miguel Coelho Pesquise todos os artigos por

Deixe aqui o seu comentário