Box Boy!

Não faz mal ser quadrado

boxboy_banner

O género de plataformas 2D andou a roçar a extinção durante alguns anos parecendo que ia ser definitivamente substituído pelos jogos de acção e aventura 3D mas, felizmente, com a corrente Indie e retro que entretanto surgiu, houve uma grande revitalização do género. Os jogos de plataformas deixaram de ser apenas um conjunto bem coordenado de saltos para implementarem de forma inteligente um elemento de quebra-cabeças. Na maioria das vezes este elemento é resultado directo das suas mecânicas e é a razão que o torna único. Box Boy! é um exemplo disto. Conheci-o no último Nintendo Direct e, apesar de ser aparentemente o jogo mais simples que por lá passou, foi o que mais me despertou a atenção.

boxboy_01

O nosso personagem é um simples quadrado que se pode desmultiplicar ou estender para percorrer os níveis da melhor forma possível. A maior parte do tempo usarão esta habilidade para criar pontes ou escudos feitos de quadrados mas atenção que o número de parcelas disponível muda de nível para nível. Outras utilizações vão-nos sendo continuamente apresentadas e rapidamente dominaremos este mundo quadriculado.

Apesar de ser um jogo bastante curto nota-se que foi feito um esforço para que tudo que o compõe seja relevante, ou seja, é uma experiência rápida mas bastante satisfatória. Não é demasiado complicado também mas, apesar disso, fez-me passar um bom bocado pois esteve constantemente a apresentar-me novas ideias. Quando pensam que todo o jogo vai ser como um passeio pelo campo surge o conjunto final de níveis que, sem dúvida que me deixou a coçar a cabeça. Sinceramente gostei da forma como a dificuldade foi doseada pois habitua-nos ao jogo de forma tranquila e desafia-nos num clímax final de dificuldade.

boxboy_02 (1)

Visualmente é extremamente simples também, um conjunto de quadrados e um personagem com a mesma forma geométrica, tudo apenas com linhas de contorno e um fundo branco. Tenho pena é que apesar disso não use o efeito de 3D da consola visto que é algo que até resulta de forma bastante eficaz em títulos de plataformas 2D com a simples separação entre o primeiro plano e o fundo. Apesar disso este Box Boy! tem um estilo bastante característico e, às vezes, isso é suficiente.

up
Veredicto
Um jogo de puzzle/plataformas com mecânicas muito interessantes por isso não sejam quadrados, experimentem algo novo.
Plataforma
Nintendo 3DS
Produtora
Nintendo
Autor: Joao Sousa Pesquise todos os artigos por

Deixe aqui o seu comentário