iFighter 1945

8
Longevidade : 7/10
Jogabilidade : 9/10
Gráficos : 9/10
Som : 7/10

Vários controlos | Bons gráficos

iFighter 1945 com aparece com um “i” no inicio mas esta é uma versão Android.  É um shooter vertical de aviões com área de acção alargada um pouco para os lados. O jogador tem a possibilidade de deslocar o avião para lá do limite horizontal do ecrã, o que faz com que o desenrolar do scrolling do jogo seja, além de vertical, ligeiramente horizontal, cerca de 20% mais que o que cabe no visor. Alguma acção pode estar assim “escondida” para os lados. O tema é a Segunda Guerra Mundial e temos disponíveis alguns clássicos da aviação como o P51, o P38 ou o Spitfire, cada um com as suas características.

Os controlos são um exemplo do que todos os jogos mobile deviam ser, com várias opções! Quatro modos neste caso: touch, relative, joypad e motion. Os modos touch e relative são controlos menos apropriados para um típico de jogo arcade como este, sendo que no modo relative a posição do dedo no ecrã vai determinar a direcção do avião e, por sua vez, o touch vaiperseguir” o dedo. O modo Joypad consiste num mini joystick desenhado no ecrã, mas com um área de uso pequena, mais útil para tablets; e, por fim, o modo motion fazendo uso dos sensores de movimento. Basicamente inclinamos o hardware na direcção que queremos que o avião se desloque. Temos opções ainda para autofire, o que é bastante útil, e calibrações para poder jogar com diferentes graus de inclinação. Em termos de opções posso dizer que está muito bom, um exemplo de como deve ser feito.

Na prática os controlos permitem um bom comando sobre o avião, sendo o modo motion o mais equilibrado para dispositivos mais pequenos. Requer um pouco de treino ao inicio, mas não demora até dominarmos as direcções. Temos de ter em conta que, uma vez que nos deslocamos numa direcção, se tivermos que nos desviar de um avião ou disparo  é mais fácil fazê-lo com ângulos de menos de 90 graus do que tomar a direcção contrária, pois vai ter uma reacção mais lenta.

A jogabilidade é realmente boa, tendo em conta que não estamos com um manípulo ou joystick verdadeiro. Para a velocidade da acção foi tido em conta que estamos com dispositivos móveis e não é assim muito rápida para poder tirar partido de uma forma eficaz dos controlos.

Quanto ao grafismo, é muito jeitoso, com fundos bem desenhados e animação bem executada.

Em resumo, um bom shooter à moda antiga das arcades bem adaptado para telemóveis e tablets.

Autor: Tiago Dias Pesquise todos os artigos por

Deixe aqui o seu comentário