Kirby’s Blowout Blast

Mastiga e deita fora.

Kirby é um dos personagens míticos da Nintendo e um que já passou por muito, desde aventuras com um robot a mundos de tricot. Voltou agora com o Verão para uma experiência fresca e leve, mas uma que, para alguns jogadores, talvez seja um pouco fresca e leve demais.

Este título é baratinho, quando comparado com os restantes lançamentos dos principais personagens da Nintendo e, inicialmente, não percebi a razão disso. Quando algo parece bom demais para ser verdade desconfia-se certo? Neste caso a desconfiança tem alguma razão de ser.  O jogo mantém o estilo gráfico a que já nos vem habituando, muito queridinho, ficando bem bonito no modo 3D da consola.

É super acessível e divertido de se jogar, tendo imediatamente assimilado as suas mecânicas, quando peguei nele: suga os inimigos e cospe-os em direcção a outros, tentando acertar no máximo de personagens de uma só vez.  Simples, porém, satisfatório! Não me custou nada jogar os níveis que me foram aparecendo, sendo que, passados 15 minutos o tinha terminado… o quê? 15 minutos? Pois, é verdade mas, sendo justo, nesse tempo apenas joguei os níveis principais. Conforme se for obtendo melhor pontuação (taça de outro) passamos a ter acesso a níveis secundários.

Ora isso faz com que uma experiência que inicialmente se mostrava bastante kids friendly, de repente se tornasse bastante hardcore, já que a perfeição de combos exigida para atingir as melhores pontuações é bastante elevada. Percebi então que a essência do jogo é precisamente essa, repetir diversas vezes cada nível (curtinho), memorizar, treinar e executar tudo com o máximo de rigor para conseguir a pontuação máxima. É divertido acreditem, mas não sai disso. Fazemos sempre a mesma coisa em qualquer um dos níveis no que, tematicamente, parece um tipo de experiência mais apropriada para um jogo mobile de smartphone do que na portátil da Nintendo.

Se quiserem simplesmente deitar-se no sofá de papo para o ar, desligar o cérebro e repetir mecanicamente níveis em busca da highscore, este é um bom título para isso. Por outro lado, se pretendem variedade e uma verdadeira aventura nova de Kirby, então esqueçam porque este não é certamente um título que faça parte de uma série principal do personagem.

O historial de Kirby é já grande nesta consola, mostrando sempre inovação e variedade, algo que desta vez está praticamente ausente. É quase como se fosse apenas um minijogo, divertido, mas talvez simples demais. Ainda assim, não se esqueçam que o seu preço é uma fracção dos restantes e, por isso, não podemos exigir um Ferrari se pagamos um Fiat.

up
Veredicto
É simples, divertido e barato, mas, ao mesmo tempo, pouco mais do que isso.
Plataforma
3DS
Produtora
HAL Laboratory
Autor: Joao Sousa Pesquise todos os artigos por

Deixe aqui o seu comentário