Mutant Mudds: Super Challenge

Para quando uma sequela verdadeira?!

hwl_banner

O estúdio Renegade Kid revisitou, novamente, um dos seus principais títulos para a 3DS e não, não estamos a falar da série Dementium ou Moon, mas sim de Mutand Mudds. É interessante verificar que o estúdio consegue bons resultados nesta consola portátil, seja em 3D ou 2D, ainda que na vertente bidimensional exista, igualmente, uma piscadela de olho às três dimensões.

mmsc_01

Depois da versão original e uma remasterização Deluxe, Mutant Mudds está de regresso e, tal como o seu título sugere, em modo super desafiante (como se no original já não fosse difícil que chegasse). Para quem não conhece os básicos desta série, pode contar com uma jogabilidade de plataformas e tiros, bastante à imagem da velha moda de Mega Man.

mmsc_02

O que o distingue, é essencialmente a capacidade de saltar entre planos de profundidade, característica essa que dá um excelente uso à visão de 3D estereoscópico da 3DS, a qual é diferenciadora da consola portátil da Nintendo, que foi, de certa forma, cada vez mais posta em segundo plano… Porém, neste caso, o segundo plano não consiste apenas numa paisagem, mas numa segunda camada de acção cheia de inimigos e segredos escondidos. O salto entre planos é possível apenas a partir de plataformas específicas, existentes em algumas zonas do cenário, numa utilização que não é única, mas que se mostra, ainda assim, criativa. Fora isso, temos ainda ao nosso dispor um jetpack, que nos permite planar entre saltos, algo bastante útil para evitarmos armadilhas e inimigos. Contudo, não tenham ilusões, este é daqueles jogos em que se morre mesmo muitas vezes.

mmsc_03

É difícil falar deste título, sem nos referirmos aos seus antecessores, visto que tal terá um valor diferente para quem tiver jogado os anteriores. Por um lado, para fãs fervorosos, será um revisitar de um título divertido e desafiante, por outro, para desconhecedores da matéria, será, certamente, uma boa surpresa.

mmsc_06

Na minha opinião, apesar de tudo, e penso que até em contradição com a pretensão dos seus criadores, este jogo tem mais para agradar a quem o joga pela primeira vez, porque é, de facto, bom. Para todos os outros, é quase como um bom conjunto de novos níveis, visto que a grande maioria de assets, mecânicas e ambientes são uma reutilização evidente de tudo que já tinha sido anteriormente criado. O único aspecto que merece real destaque, são as lutas com os Bosses, apesar de, ainda assim, nem todas serem satisfatórias, além de parecerem existir alguns problemas no balanceamento das mesmas. O estilo gráfico e sonoro é definitivamente retro, no que o estúdio classifica como 12-bit, visto que, de facto, parece estar num meio-termo do que seria possível realizar entre as capacidades técnicas de uma Nintendo e uma Super Nintendo.

mmsc_07

Mas é como se diz… se não está estragado, não o mudes… Mutand Mudds: Super Challenge não está, definitivamente, estragado, todavia, para mim, esperava e desejava algo novo. Para quando uma sequela verdadeira?

up
Veredicto
Um revisitar de um título que é bom, mas que, ainda assim, não acrescenta nada significativo a quem já o conhece bem.
Plataforma
3DS
Produtora
Renegade Kid
Autor: Joao Sousa Pesquise todos os artigos por

Deixe aqui o seu comentário