Samurai Shodown IV: Amakuza’s Revenge

9
Longevidade: 8/10
Jogabilidade: 9/10
Gráficos: 9/10
Som: 9/10

Sistema de combate variado e recompensador

Finishers que são sempre feitos da mesma maneira

A SNK ficou famosa por fazer alguns dos mais emblemáticos títulos de arcada de sempre, desde shooters como Metal Slug a fighters como Fatal Fury, passando por jogos de golfe e de carros, e fez as delícias de muitos nas arcadas durante a década de 80 e 90. Uma das mais conhecidas e amadas séries que a SNK desenvolveu foi a saga Samurai Shodown, ou Samurai Spirits no Japão. O primeiro jogo da série foi lançado em 1993 e foi um grande sucesso. Como não podia deixar de ser a SNK fez então duas sequelas, Samurai Shodown II e Samurai Shodown III, o segundo considerado por muitos o melhor jogo da série, e o terceiro geralmente considerado o pior. Para se redimir de um terceiro jogo menos bom na série, a SNK decidiu fazer um novo título que corrigisse os problemas de Samurai Shodown III e que tivesse o mesmo feeling de Samurai Shodown II. Foi assim que em 1996 lançou Samurai Shodown IV: Amakusa’s Revenge.

 ss3

A história em Samurai Shodown IV é bastante simples, típico deste tipo de jogos. No entanto a SNK fez um esforço para dar ao jogador um pouco mais do que combates que o levam a ganhar um campeonato qualquer. Em 1789 aparece um castelo em Shimabara, e o dono do castelo é Amakuza Shiro Tokisada, o mauzão da série. O castelo vai crescendo à medida que Amakuza tem mais poder, e para ter mais poder, Amakuza rapta Hazuki Kazama, irmã de dois personagens novos, Kazuki Kazama e Sogetsu Kazama. Com medo de serem mortas, as pessoas começam a subjugar-se a Amakuza, o que agarra o interesse dos combatentes que partem então em busca do castelo, cada um com o seu objectivo. Algo interessante é a interacção que as personagens têm entre si durante o jogo, estando todas relacionadas de alguma forma, o que acrescenta alguma profundidade à história e à relação entre os personagens. Samurai Shodown IV conta com dezassete personagens, duas caras novas, e claro, os mais conhecidos tais como Haohmaru e Ukyo Tachibana.

 ss5

Para quem tinha jogado o seu antecessor, há uma coisa que se nota de imediato, embora os personagens pareçam idênticos no que toca ao design, a palete de cores é muito melhor. No terceiro título da série a palete de cores confundia-se imenso com os cenários, e consequentemente causava uma certa confusão ao jogador, funcionando quase como uma distracção que pode ser fatal neste tipo de jogos. Além da palete de cores, os gráficos no geral foram suavizados e são muito mais agradáveis à vista; os cenários são lindos e o design das personagens atingiu aqui o seu auge. É um dos jogos mais bonitos que podemos jogar na plataforma Neo-Geo. Os efeitos dos especiais e dos finishers estão melhores que nunca, com alguns belos efeitos e exagerados que parecem matar o oponente com apenas um hit. Os idílicos cenários onde os combates ocorrem são acompanhados de uma banda sonora de luxo, com vários temas que ficam no ouvido, e que facilmente se associam ao cenário onde estamos a jogar. Existem algumas músicas mais aceleradas em certos cenários, mas são as faixas a fazer lembrar a música tradicional japonesa que são mais espectaculares e que assentam na perfeição no ambiente feudal do jogo.

ss8

O sistema de combate em Samurai Shodown IV era o mais complexo na série até então, e bastante diferente dos seus antecessores. Além dos habituais finishers e ataques especiais, este contava ainda com um novo sistema de combos, a possibilidade de passar para o outro lado do adversário, dando-nos alguns instantes para atacar nas costas e também a possibilidade de nos desviarmos dos golpes pressionando AB em simultâneo. Os grabs estão também de volta, mas desta vez não infligem dano directamente, apenas projectamos o inimigo para um lado ou para o outro, desequilibrando-o e dando-nos alguns instantes para atacar como quisermos. O sistema de combos funciona bastante bem e permite um estilo de combate mais acelerado e frenético. No entanto, são feitos da mesma maneira para qualquer personagem, o que pode levar a experiência a ser repetitiva. Não são só os combos que são feitos da mesma maneira, mas também os finishers, que quando os podemos executar, são sempre executados com os mesmos inputs, independentemente do personagem. No entanto, embora este aspecto possa ser repetitivo, é também uma mais-valia, visto que cada personagem é bastante única, pois ter certos movimentos standard é bom para nos sentirmos minimamente familiarizados com um personagem que nunca usámos. Certos pormenores como passar para o outro lado do jogador, e o desviar, adicionam uma profundidade incrível ao sistema de combate, fazendo dele um dos sistemas mais fáceis de aprender, mas mais difíceis de masterizar devido à imensa variedade de situações que podem ocorrer, possibilitado pelas várias opções que podemos tomar numa situação idêntica.

 ss1

O jogo foi lançado também na Sega Saturn e na Playstation, mas apenas em território nipónico. Na versão da Playstation o jogo conta com duas personagens adicionais jogáveis no modo versus, Cham Cham, que regressa após a ausência em Samurai Shodown III, e Zankuro.

Com este jogo a SNK levou a série Samurai Shodown para um patamar superior. É extremamente divertido e recompensa imenso o jogador por aprender as suas mecânicas mais avançadas. Embora diferente das suas origens e dos dois primeiros jogos da série, Samurai Shodown IV: Amakuza’s Revenge é um must play para qualquer amante do género e o melhor jogo da série Samurai Shodown; é um dos melhores fighters que a SNK alguma vez lançou, ficando a par de títulos como The Last Blade 2 ou Garou: Mark of the Wolves. Samurai Shodown IV é um exemplo de sucesso num processo de evolução de uma série, em que a inovação foi tida em conta e foi bem conseguida, retendo o melhor que os jogos originais ofereciam.

Autor: Ivan Cordeiro Pesquise todos os artigos por

2 Comments on "Samurai Shodown IV: Amakuza’s Revenge"

  1. Reginaldo Cina 29 July 2015 at 20:46 - Reply

    oi ivan gostaria de saber os códigos para habilitar zankuro e cham cham no samurai shodown 4?

    • Ivan Cordeiro 3 August 2015 at 20:23 - Reply

      Boas.
      O Zankuro só está disponivel no modo para dois jogadores. Podes usar o seguinte:

      Pressiona e mantém pressionado D e A no menu de selecção de personagens.

      Isto só funciona na versão para a Neo Geo AES, para MVS (arcade) não é possivel. Quanto à Cham Cham esta só está mesmo disponivel na versão para a Playstation 1. Tanto ela como o Zankuro estão desbloqueados no modo para 2 jogadores nessa versão.

      Espero ter ajudado, fica bem 😉

Deixe aqui o seu comentário

Click here to cancel reply.